Our Recent Posts

Archive

Tags

Linking Sounds: é por isso que você não entende nativos do inglês


Garota pensando em inglês sobre os linking sounds

A principal dificuldade para a maioria dos alunos de inglês é entender os nativos falando. Quando eu estava aprendendo eu também passei por isso. Uma das coisas que costumava me causar muito problema eram os “linking sounds”. Os nativos quando falam conectam as palavras para soar mais natural. Esse fenômeno não é exclusivo do inglês, ocorrendo em outros idiomas também (inclusive no português). A questão para nós é o fato de que as palavras soam muito diferente quando faladas em frases, comparando quando ditas isoladamente.

A melhor maneira de lidar com isso é praticar “linking” quando você fala. Se fizer isso, você entenderá os nativos com muito mais facilidade e será entendido melhor por eles também. Não se preocupe, vai ficar mais fácil à medida que você praticar. Depois de ler as informações que eu vou colocar aqui, passe a prestar atenção nos nativos falando e observe quando eles conectam as palavras.

Neste post vou demonstrar os principais tipos de “linking sounds”, começando pelo que muda mais a pronúncia das palavras.

Linking consonant to vowel (conexão consoante com vogal)

Quando uma palavra termina em som de consoante e a palavra seguinte começa em som de vogal, nós movemos o som consoante para o começo da próxima palavra. Lembre-se, é o som que importa e não a ortografia. Veja alguns exemplos abaixo:

Escrevemos assim…

Turn off

I'm okay

I’m older than you

Can I help you?

Have another piece of cake

Mas pronunciamos assim...

Tur noff

I mokay

I molder than you

Ca ni help you?

Ha va nother pie cov cake

Aperte o play para ouvir a pronúncia:

No último exemplo, a palavra "have" termina com a letra "e" (vogal), mas "v" (consoante) é o último som que você ouve. É por isso que conectamos "have" com "another". O primeira termina com som consoante e o outra começa com som de vogal.

E agora um exemplo de linking sounds em uma música. Em “Material Girl” da Madonna, há muitos exemplos de linking sounds, mas é no refrão que podemos ouvi-los com muita clareza:

Escrevemos assim…

'Cause we are living in a material world

And I am a material girl

You know that we are living in a material world

And I am a material girl

Mas cantamos assim...

'Cause we are living i na material world

An di a ma material girl

You know that we are living i na material world

An di a ma material girl

Aperte o play para ouvir o trecho acima:

Linking consonant to consonant (conexão consoante com consoante)

Quando uma palavra termina com som consoante e a palavra seguinte começa com o mesmo som, nós o pronunciamos apenas uma vez. Aqui estão alguns exemplos:

Escrevemos assim…

I want to go now

Human nature

Good day

Mas pronunciamos assim...

I wanto go now

Humanature

Gooday

Aperte o play para ouvir a pronúncia:

Linking vowel to vowel (conexão vogal com vogal)

Quando uma palavra termina com som de vogal e a seguinte também começa com som de vogal, nós as ligamos com um som fraco "y" ou "w". O som da vogal na primeira palavra é que vai determinar qual deles vamos usar. Parece confuso, mas provavelmente você já está fazendo isso sem perceber. Veja alguns exemplos abaixo:

Intrusive “y” ("y" intrusivo)

Usamos “y” para ligar palavras que terminam em sons de “a” /ei/, “e” /i:/, “i” /ai/, com palavras que também começam com um som de vogal.

Escrevemos assim…

May I?

The end

My arm

Mas pronunciamos assim...

MayyI?

Theyend

Myyarm

Aperte o play para ouvir a pronúncia:

Intrusive “w” ("w" intrusivo)

Usamos "w" para ligar palavras que terminam em sons de "o" /ou/, "u" /u:/, com palavras que também começa com som de vogal.

Escrevemos assim…

Go out

Too often

Mas pronunciamos assim...

Gowout

Toowoften

Aperte o play para ouvir a pronúncia:

/t/ and /d/ sound omission

Imagine um sanduíche de consoantes - temos uma palavra que termina em dois sons de consoantes consecutivos e, a seguinte também começa em som de consoante. Se a consoante no meio for “d” ou “t”, elas são omitimos. Veja alguns exemplos abaixo:

Escrevemos assim…

Kept going

Diamond ring

And then

Hand me

Stand back

Mas pronunciamos assim...

Kepgoing

Diamonring

Anthen

Hanme

Stanback

Aperte o play para ouvir a pronúncia:

Em resumo, os "linking sounds" estão por toda parte, na conversa do dia-a-dia, nos filmes, nas músicas, etc. Comece a praticar hoje e garanto que você entenderá bem melhor o inglês nativo.

Você achou essa informação útil? Deixe um comentário. Mais uma coisinha, se você gostou deste post, por favor ajude-nos mandando para um amigo por e-mail ou compartilhando nas redes sociais. E como você ainda está aqui, não se esqueça de se inscrever no meu site para receber atualizações e dicas como essa que você acabou de ler.

Até a próxima Xox